SOU DE ALGODÃO FECHA CINCO PARCERIAS EM JANEIRO E DIVULGA BALANÇO DE 2017

Imagem relacionada

O ano acabou de começar e o movimento Sou de Algodão, iniciativa da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (ABRAPA), que tem como objetivo incentivar o uso da fibra na indústria têxtil brasileira, já fechou cinco novas parcerias totalizando 16 marcas signatárias Cataguases, Incofios Fiação, Juliana Carrijo, Ong Orientavida e Marina Abdalla são as mais novas empresas que aderiram ao movimento.

“É um número bastante expressivo para o primeiro mês do ano. Isso demonstra que as marcas estão alinhadas ao nosso propósito de chamar a atenção do mercado sobre os benefícios da nossa fibra natural na vestimenta do brasileiro”, explica Arlindo Moura, presidente da ABRAPA.

Sobre os novos parceiros

– A Companhia Industrial Cataguases é uma tradicional fabricante brasileira de tecidos de algodão que fornece para marcas como Richards, Ellus (grupo Inbrands), Dudalina, Ricardo Almeida, entre outras;

– A catarinense Incofios fabrica exclusivamente fios de algodão para tecelagens e malharias usando algodão produzido de forma responsável. Também é signatária da BCI (Better Cotton Initiative);

– Marina Abdalla Atelier é um pequeno estúdio que produz nécessaires, bolsas e sacolas de algodão personalizadas em Ribeirão Preto;

– A goiana Juliana Carrijo cria lindos vestidos dupla face infantis feitos com tecidos 100% algodão fornecidos pela Cataguases;

– A ONG Orientavida é uma organização de mulheres que tem como missão a inclusão social de mulheres em regime de detenção. Além de ensinar um novo ofício, trabalha a autoestima das mulheres, produzindo peças em algodão e bordado. Tem licenciamento Disney e seus personagens feitos em tecidos são famosos;

Balanço de 2017

Além das cinco novas parcerias, o movimento tem como signatárias as marcas Bordana (cooperativa), Inbordal (cooperativa), Mon Petit Homewear, Toalhas Appel, Estyllus Denim Design, Cor Com Amor, Martha Medeiros, Love Secret Lingerie, Norfil, Highstil e Lojas Renner, com as quais vem desenvolvendo diversas ações de conscientização sobre os benefícios do algodão sustentável brasileiro.

Além das marcas, a Associação Brasileira de Estilistas (Abest), Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecções (Abit), Associação Brasileira do Varejo Têxtil (ABVTEX) e Etiqueta Certa também são apoiadoras institucionais do movimento e endossam a iniciativa.