TREINAMENTO/QUALIFICAÇÃO

Os produtores de algodão do Maranhão adotam tecnologias modernas para garantir cada vez mais produtividade no campo, porém encontram dificuldades para qualificar a sua equipe administrativa e operacional, um dos principais gargalos é a distância das propriedades em relação aos grandes centros urbanos, onde são localizados os principais centros de qualificações, diminuindo a eficiência da cadeia produtiva como um todo.

Objetivando corrigir este desequilíbrio entre os avanços no campo e os escritórios das propriedades produtivas, a AMAPA operacionalizou este projeto focado em capacitar colaboradores in loco, favorecendo o crescimento da cotonicultura no Estado.

No ano base 2015 foram praticadas 979h de treinamento, sendo capacitados 2.775 colaboradores, 192h foram realizadas na cidade e/ou grandes centros e 787h (in loco) nas fazendas dos associados. Ao logo do ano foram ofertados 36 treinamentos sendo 16  na área administrativa/gestão e 20 na área de operações agrícolas.

No ano base 2016 foram praticadas 1.263h de treinamento, sendo capacitados 2.069 colaboradores, 276h foram realizadas na cidade e/ou grandes centros e 987h (in loco) nas fazendas dos associados. Ao logo do ano foram ofertados 38 treinamentos sendo 16  na área administrativa/gestão e 22 na área de operações agrícolas.

Embasado nos resultados alcançados nestes dois anos do projeto a Diretoria Executiva da AMAPA renovou por mais dois anos o projeto Treinamento/Qualificação a pedido dos seus associados.

Fotos:

Fotos MIP - Pequena Holanda - 01-03-2016 (7)1

img_20161012_161214280IMG-20160215-WA0004

 

 

 

 

 

 

 

Voltar á página inicial